Você já deve ter ouvido bastante sobre hidratação, nutrição e reconstrução. Mas, afinal, qual a diferença entre esses três serviços? De acordo com Márcia Valéria, hairstylist do Espaço Gioh, a importância dos três procedimentos é igual, a diferença está na necessidade de cada cabelo. Sendo assim, só um profissional poderá indicar a sequência correta dos tratamentos.

Para esclarecer todas as dúvidas, Márcia listou a função de cada um desses tratamentos:

HIDRATAÇÃO
A hidratação é um processo repositor de água, que é perdida através do ressecamento natural dos fios ou pelo uso excessivo de secadores, pranchas alisadoras e babyliss. Para quem faz uso deles, é importante a utilização de produtos antitérmicos para diminuir os danos causados, além de criar um plano de recuperação capilar. O recomendado é que a hidratação seja feita pelo menos uma vez na semana, através de máscaras, ampolas ou folhas, como babosa.

NUTRIÇÃO
Também conhecida como umectação dos fios, a nutrição serve para repor lipídos, que são a oleosidade, gordura e maleabilidade natural dos cabelos. O processo de nutrição é feito através de extratos vegetais, máscaras nutritivas e até mesmo óleo de coco e azeite, que mantêm os fios alinhados e sedosos. Para quem possui cabelos coloridos e alisamentos, a reposição de nutrição é extremamente importante.

RECONSTRUÇÃO
A reconstrução serve para repor massa e queratina capilar, devolvendo força e proteína para os fios danificados por descoloração, alisamentos e processos químicos. Esse tratamento deixa os fios com a ausência daquele aspecto brilhoso, por isso, o recomendado é criar um cronograma de tratamento capilar para devolver aos fios todos os princípios ativos do cabelo, deixando-o forte, maleável e iluminado.

Ainda não agendou o seu tratamento?